Faça o download do Carimmat!

Clique no ícone abaixo para fazer o download do aplicativo.

s f

Siga-nos

Medo de compromisso ūüĎ•

medo do compromisso

Medo de compromisso ūüĎ•

O medo do compromisso √© um fen√īmeno comum quando encontramos outras pessoas.

Mas o que é o medo do compromisso?

V√°rias situa√ß√Ķes podem se referir a isto.

Femme Actuelle O termo é usado quando "um dos dois parceiros (homem ou mulher) tem medo de investir na relação". Por exemplo, recusa-se a apresentar seu parceiro aos pais, não quer se comprometer com projetos de longo prazo (casar, ter filhos, viver juntos, sair de férias juntos, etc.), acha que a relação "vai muito rápido", etc.

H√° outro elemento que merece aten√ß√£o. Este medo tamb√©m diz respeito a todos aqueles indiv√≠duos que est√£o ansiosos para viver com a mesma pessoa durante toda a vida. Isto se deve √† atual gera√ß√£o de pessoas incertas e n√£o acostumadas √† rotina. Isto cria desequil√≠brios reais nas rela√ß√Ķes porque o parceiro √© totalmente dedicado √† outra pessoa e pode sofrer.

Aqueles que têm medo do compromisso se sentem presos assim que a relação toma um rumo mais sério. Eles podem não se comprometer totalmente com a relação por medo de se machucarem. Paradoxalmente, no entanto, eles raramente darão o primeiro passo em uma separação.

De onde vem este medo?

O medo do compromisso muitas vezes remonta √† inf√Ęncia. De fato, √†s vezes, ela decorre de cenas violentas entre os pais que a crian√ßa vivenciou. H√° muitas outras raz√Ķes. Por exemplo, uma ruptura ou um div√≥rcio¬†Esta multiplicidade de fatores poss√≠veis torna o fen√īmeno complexo, assim como estas pessoas.

As raz√Ķes para este medo podem dar √† pessoa complacente a impress√£o de que todos os relacionamentos est√£o condenados ao fracasso. Eles podem at√© pensar que o investimento n√£o vale a pena. Ele pensa que est√° repetindo um padr√£o (fam√≠lia, amigos, etc.) que √© inevitavelmente ruim, insalubre. Esta id√©ia pode, portanto, causar ansiedade.

A pessoa que tem medo do compromisso formará uma imagem errada de amor, por exemplo. Ele aguardará a perfeição antes de se comprometer, uma espécie de estabilidade. Mas a perfeição não existe, e é preciso necessariamente correr um risco no amor.

Como podemos superar este medo?

Para sair dela, voc√™ tem que aprender a domar essa ansiedade. √Č importante saber que a base de qualquer medo √© na verdade o medo do que vai acontecer. Nossos pensamentos negativos nos impulsionam a fugir do que poderia nos prejudicar. Esta √© uma rea√ß√£o normal.

Se você não se acha capaz de trabalhar por conta própria, consulte um profissional (psicólogo, psicanalista, hipnoterapeuta, terapeuta de casal, etc.). Eles o acompanharão em sua viagem. Os terapeutas são treinados para fazer isso.

Caso contrário, a primeira coisa a fazer é reconhecer suas crenças limitantes. Desta forma, é possível determinar quais são as fontes deste medo. A melhor maneira de fazer isso é se fazer perguntas para entender a origem do problema:

  • O que voc√™ pensa sobre quando essa ansiedade surgir?
  • Que imagem me vem √† mente?
  • O que voc√™ pensa automaticamente quando tem a oportunidade de se engajar, mas est√° se retraindo?

Se voc√™ n√£o der este passo pessoal, ningu√©m poder√° ajud√°-lo. √Č muito dif√≠cil trazer algu√©m que tenha medo de se comprometer com seus sentidos. De fato, este medo vai muito al√©m do reino do racioc√≠nio l√≥gico.

O parceiro do "doente" também deve se questionar quando estiver nesta situação, a fim de não sofrer:

  • Posso viver com algu√©m que talvez n√£o queira ou que n√£o possa se comprometer comigo?
  • Eu sou capaz ou quero esperar que meu parceiro supere seu medo?

A terapia com orientação profissional é geralmente bastante rápida.

Veja tamb√©m : A hist√≥ria dos sites de encontros e aplica√ß√Ķes